Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Família... ou cambada de sonsos.

Como acho que já vos disse ‘’por aqui algures’’, em Maio, tenho o baptizado do meu primo Simão (mais conhecido por Sassito), filho da minha prima Sara (de quem gosto mesmo, mesmo, muito!) e de quem já falei AQUI.

Estão situados? Pronto, adiante!

Há dias, estava em casa com o Alexandre, a minha cunhada, e um casal amigo, quando me lembrei de lhes mostrar o modelito que comprei para usar no Baptizado. Todos concordaram que era giro-giro-giro, super elegante, versátil, etc-coiso-e-tal.

Quando nisto a minha querida cunhada se vira e diz ‘’vais muito melhor do que foste ao baptizado da tua sobrinha…mil vezes!’’.

Pausa para surpresa.

Homem, rompendo o silêncio, acrescenta: ‘’ah sim, isso de certeza''. Pausa para olhos arregalado!

 

‘’COMO ASSIM?’’, perguntei.

Lá me disseram que não acharam gracinha nenhuma à conjugação de peças, e que estava (na perspectiva deles, que a bem dizer não me interessa nada), bastante mal trapilha!

 

Percebi nesse momento que o meu outfit foi altamente reprovado por toda a gente e que NINGUÉM teve a sinceridade de me dizer! Calaram-se todos que nem ratos, dizendo que estava muito lindinha, e depois pela calada deram-lhe no corte e costura, de certezinha absoluta.

E não é o facto de não terem gostado que me encanita… não! Aquilo que me deixa ‘’piursa’’ é o nível de sonsice que para aqui vai. Escondido debaixo do tapete.

Digam lá que uma pessoa pode confiar na família? Que pode dormir descansada e acordar ainda mais por estar rodeada de pessoas que nos brindam com a verdade, somente a verdade e nada mais que a verdade?  

Pois com certeza que não!

Tudo uma cambada de falsos… não fosse eu ser uma moça confiançuda, que quando gosta não quer saber, e era ver-me ‘’rainha da insegurança’’ após tamanho achincalhanço.

 

Aqui fica o outfit para quem já não se lembra. Continuo a achar giro da vida, e não mudava ''isto''! FALSOS.

 

19355605_lwyWg.jpeg

 

ps. Olhando para etsa fotografia, não diriam que me está a achar linda de morrer? Pois. Eu também achava que sim...só que não. Bandido.

 

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/2