Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gente que vive o (meu) impossível... e que afinal é possível!

Se me perguntassem como gostaria de estar daqui a 10 anos,responderia que gostava de viver numa casa porreira, com o meu homem, um cão e um puto. A trabalhar em qualquer coisa que me deixasse o ‘’pitinho aos saltos’’ de entusiasmo. Que fosse a minha cara, sem tirar nem pôr.

Isto era o que eu queria muito.

 

Mas se me perguntassem qual o meu sonho-para-cima-de-ultra-espetacular, a cima de todos os planos e de todos os sonhos máximos da vida, diria que queria estar com o homem, o puto e talvez o cão nem tento, a viajar pelo mundo. Eu a escrever e ele a fotografar. Era mara*-desta-vista. E dito assim, parece-me um sonho impossível, tirado de um filme de Domingo à tarde. Tanto que nem penso nele... só quando me perguntam ''ahhh como seria a vida se ganhasses o euromilhões''. E,e... 

 

Há pouco, enquanto investigava uma possível convidada para o programa, dei de caras com este blogue e percebi que há gente a viver o meu impossível. Todos os dias. ''Ah isso é gente que tem dinheiro e que se pode dar a esses luxos'', pensam vocês.

Talvez. Mas eu cá acho que, mais do que dinheiro, é preciso muita, muita, coragem. Para cair no mundo à aventura. Para viver a vida que intrinsecamente se quer. 

 

E às vezes acho que era bem capaz disso. Outras sinto-me uma lêndea mariquinhas e acomodo-me. 

 

Love*

Elza 

 

*Maravilhoso.

2 comentários

Comentar post