Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os endrominanços da INTERNET

Sempre fui uma moça muito desconfiada nestas coisas da Internet. Assim meio como as velhotas, que olham para estas modernices de olho arregalado e de sobrancelha arqueada, nunca fiando nisto do virtual, que começa por ser muito lindo, muito prático, muito engraçado, mas que contas feitas está cravadinho de rasteiras e artimanhas. 

Ao contrário do homem, que se pudesse até um filho mandava vir, eu nunca faço compras online, nem introduzo dados pessoais em lado nenhum. 

Conheço quem já tenha tido problemas por roubo de dados de cartão de crédito, e eu própria, numa escala mais pequena, já fiquei a arder com 85 euros de um vestido devolvido na MANGO que nunca me reembolsaram. (SIM SENHORES DA MANGO, SEUS MAFIOSOS) Foi a primeira e a última vez! 

Para que percebam o nível de resistência, eu nem tenho acesso à minha conta online.. É ver o Alexandre revirar os olhos toda a vez que lhe peço para ''parar no multibanco'' porque preciso fazer um pagamento, uma transferência, ou deitar o olho ao saldo da conta para saber a quantas ando! Segundo ele, só eu e 3 velhinhas em Arcos de Valdevez pagamos contas no multibanco... mas eu estou-me pouco marimbando  para isso, sinto-me mais segura assim.

 

Isto para dizer que, apesar de ter o blogue, sou muito cuidadosa na Internet, e isto inclui até os site de arrendamento.

Quando vou ver uma casa (se for sozinha) penso sempre durante 30 segundos que lá vai estar um gajo de metro e noventa, de facalhão na mão, pronto a revirar-me as tripas e deixar-me esvaída em sangue numa banheira mal lavada...

Sou muito, muito, cuidadosa e faz-me confusão quem não é.

Há tempos, falava com uma amiga que me contava conhecer um tipo que foi enganado num negócio de arrendamento. Que fez a transferência de duas ou três rendas e na hora da verdade não havia casa para ninguém!

Não compreendo estes níveis de ingenuidade (burrice?)

 

No outro dia, respondi a um anuncio que me pareceu logo engodo: uma casa no centro de Lisboa, com 3 quartos, garagem, a 720 euros! Torci o nariz... contudo, e numa de ''deixa lá ver o que sai daqui'', pedi informações.

 

Claro que me respondeu uma não sei das quantas a dizer que estava na Dinamarca, que não podia mostrar-me a casa e que se a quisesse teria de transferir 2 rendas para uma conta do AIRBNB, e só depois poderia dar-me a chave.

Ahahaha, claro que a mandei à fava, informando o site daquilo que se passava.

 

Ontem, respondi a um novo anuncio (que também me pareceu demasiado bom para ser verdade), e recebi a resposta de um email diferente, nome diferente, com a mesmíssima lenga lenga - na Dinamarca, sem possibilidade de mostrar a casa, transferência tralalala pardais ao ninho!

Respondi apenas que lamentava a existência de tanta bandidagem, mas que me reconfortava a existência de policia especializada nestes casos....

 

Enfim, vim só cá alertar-vos para estas trafulhices. E sei que parece ridículo, que é impossível alguém cair nestas tramóias... mas a verdade é que caem. Todos os dias a toda a hora!

Não precisam de ser como eu, que até para pagar a água preciso descer ao multibanco... mas tenham cautela, filhos. Que este mundo está meio perdido... e há muita gente merdosa no mundo.  

3 comentários

Comentar post