Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Somos o país dos coraçõe(zinhos) no facebook. E pouco mais.

Ontem escrevi no facebook (no pessoal, não no do blog) que os governantes deste país, aqueles que cospem pérolas como “isto vai voltar a acontecer”, “os portugueses têm de ser adultos, e perceber que não há soluções mágicas”, ou ainda “que não se demitem porque seria mais fácil ir gozar as férias que não tiveram”, deviam todos ir para a p*** que os pariu. Só isto.

Recebi nessa noite algumas mensagens de pessoas que  disseram “não me reconhecer” nessa linguagem. Que estão acostumadas a ler-me num registo politicamente correto, cheio de boas maneiras e de meias palavras, e que não podemos dizer tudo o que nos vai na alma. 

Dei por mim a pensar nisto e a concluir que este é um dos nossos problemas enquanto país. Que talvez nos deixemos engolir porque somos demasiado brandos, porque não queremos descer do salto e porque a bem dizer “não nos devemos comprometer muito, que isto não se sabe o dia de amanhã". E isto revolta-me, porra!

Porque se calhar falta-nos um bocadinho de pêlo na venta! Falta-nos um bocadinho de coragem para dizer que isto é tudo uma palhaçada e que mais uma vez nos  querem comer por parvos.  Porque isto não é uma desgraça da natureza!!!! Esta VERGONHA exige culpabilização,  exige no MÍNIMO um pedido público de desculpas , e não uma ridícula ideia de "normalidade" que nos querem vender. 

Em vez de nos fazermos ouvir, em vez de exigirmos que essa cambada de INCOMPETENTES ponha a viola no saco, que assuma a porcaria que fez, e que apresente soluções, vamos para o facebook pedir a Deus que nos ajude. Encher o feed de corações e de poesia barata que resulta invariavelmente  no mesmo: quinze dias de solidariedade,  muitos emoji de lagriminha no olho, fotos de bombeiros exaustos, e depois esquecemo-nos todos disto. Vem o campeonato de futebol, vem o Rock in Rio, vem o Natal, o Carnaval de Torres Vedras e a Páscoa... e pronto, fica tudo na mesma!!!!

MORRERAM mais de 90 pessoas nesta merda! Morreram bebés, grávidas, mães, filhos, avós… perderam-se VIDAS humanas, perderam-me centenas de animais e deixou-se arder um país inteiro!!! 

Mas nós, que não nos podemos enervar, continuamos a  achar que dizer palavrões na Internet é que é feio, que não podemos perder a compostura, nem deixar de ser senhoras....

E é isto. Somos o país dos  coraçõezinhos no facebook e dos “que Deus nos ajude” e pouco mais.

Quando isto não tem nada a ver com Deus, e mesmo assim, sem ter culpas no cartório, o desgraçado ainda foi o único que nos deu uma mãozinha, e enviou umas litradas de água céu a baixo!

 

Esta desgraceira toda não é obra de Deus. Isto é fruto da humanidade. Da falta dela. Da desresponsabilização dos culpados, e da falta de pulso de um povo que está a morrer queimado,  mas que ainda se preocupa em dizer palavrões...não vá ficar mal visto na internet. 

 

Merda para isto. 

1 comentário

Comentar post