Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tapioca, a estrela da manhã!

paragrapharticle-1149-5696460b4e81e.jpg

 Desde que voltei aos treinos diários que o pequeno almoço, que já era a refeição dos meus olhos, ganhou toda uma nova importância. Acordo quase todos os dias esganada de fome, e como treino  de manhã aproveito para ''me esticar'' um bocadinho. Levanto-me sempre 10 minutinhos mais cedo, só para ter tempo de comer descansada. Esse prazer ninguém me tira. Jejum? Jamé!  

''Ahhh mas enches a pança antes de dar tudo na passadeira? De pedalar? Fazer abdominais? Como é que consegues sobreviver às famosas dores de burro?'', perguntam vocês,  com muita razão.

Não! Treinar pesada, com o estômago atafulhado, é quase tão mau quanto treinar sem comer. Talvez seja ainda pior! 

E nisto de querer comer o suficiente para me sentir com energia, mas nunca sem perder a ''leveza'' que preciso para treinar, descobri a tapioca, desde então minha melhor amiga!!!  

Como quase todas as manhãs, recheada de abacate, ou fiambre de peru, ou o que vocês quiserem ''espetar lá dentro'', e fico super satisfeita. Mesmo! 

A tapioca é bastante nutritiva, não tem glúten, e super versátil, quase como se fosse um crepe! Pode ser comida salgada ou doce, como pequeno-almoço, refeição principal, ou até sobremesa. Só depende da conjugação e da vossa criatividade. ;)

 

Esta é a tapioca que compro e podem encontrar na maioria dos supermercados biológicos. 

 

A minha receita é simples:

4 colheres de tapioca, junto um pouco de água ( só para hidratar, não afoguem a desgraçada!), misturo bem e atiro tudo para dentro da frigideira. Depois é espalhar e cozinhar dos dois lados (mais uma vez, exactamente como o crepe). 

 

Eu adoro, como podem ver pelo instagram.. onde muitas vezes partilho o pequeno-almoço. 

Não seguem a conta? Então pronto, são uns ovos podres. Paciência. 

 

Love*

Elza 

 

 

 Fonte de imagem.