Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

À procura ''do tal'' ? É possível que esteja aqui!

Uma das ''cerejas'' no topo de qualquer ''festança'' é definitivamente o BOLO! Seja num casamento, num baptizado, ou simplesmente num aniversário, o bolo é umas das estrelas principais. Ninguém vai embora sem soprar as velas, sem partir o bolo, sem provar um pedaço, até porque (diz o povo) traz má sorte ao aniversariante. Aos  recém-casados!

Contudo, raras são as vezes que os bolos de festa me enchem as medidas, especialmente nos casamentos, onde impera o clássico bolo branco, com dois bonequinhos empinados (e depois roubados) no topo! Nada contra, apenas acho que deve haver alternativas para gente que quer fazer diferente. Que não se identifica. Eu, por exemplo, se um dia passar de  mera amantizada, a senhora dona esposa, vou dispensar uma catrefada de tradições no meu casamento.

Foi a pensar em gente que procura bolos MARAVILHOSOS e originais que vim aqui.

Hoje, por motivos profissionais, conheci a DOCE MIGALHA, e meus amigos... se não são os bolos mais bonitos que já vi na vida, andam lá muito perto! LINDOS de viver!!!! Sejam apenas para assinalar uma data especial, ou para um qualquer acontecimento festivo, na minha opinião estes são ''os'' bolos. 

11885151_435680973284725_2126538054528789700_o.jpg

 

12074950_448482588671230_1624208013157947525_n.jpg

 

 

12274526_461107240742098_4164602585374340019_n.jpg

 

12671711_502650343254454_7087940565328085513_o.jpg

 

 

 

11062321_489262071259948_2097878592110793263_o.jpg

 

 

A dúvida que não quer calar é naturalmente esta: ''muito lindos, sim senhora, mas será que são tão bons quanto parecem?''. Ou serão mais ou menos como a maioria dos cupcakes da vida, muito lindinhos mas secos que nem cornos e enjoativos? 

Sou franca, não os provei! Como ainda estou a recuperar da intoxicação alimentar achei por bem ficar sossegada não fosse ter uma recaída! Mas os meus colegas, esses grandes lambões, comeram e aprovaram com nota 10!!! 

 

Noivas, mães de criancinhas, aniversariantes... enfim. Fica a sugestão! Achei que poderia haver mais gente com o mesmo ''drama pasteleiro'' que eu, e a precisar de uma boa dica ;) 

 

 

Podem ver todos os bolos no INSTAGRAM EM ''MIGALHA_DOCE''

 

Love*
Elza 

 

 

STOP, SALGADINHO! (Lembram-se?)

A piada do título (AQUI)  apenas poderá ser compreendia por pessoas antigas, que tal como eu cresceram a ver novelas brasileiras. Enfim, é só um apontamento aparvalhado.. não resisti :)

O assunto que me traz ao estaminé é outro! Trata-se de uma luta que travo há mais de 15 anos, uma batalha sem fim contra a mais foleirosa das dependência. Qual? Essa, a pior de todas!  A mais rameira, mais porcalhota, mais esteticamente descarada, a mais pobretana. Roer as unhas, naturalmente! Há lá vício pior do que este? Não há. Nem me venham cá falar de drogas duras e de bebedeiras porque só quem já teve de entregar ''aquele cêntimo'' na caixa de supermercado, e sentiu vergonha ao mostrar os dedinhos da mão, sabe do que estou a falar. É o terrível horror. 

Tenho alturas que ando melhorzinha, outras que coloco gel, gelinho, extensão...enfim! E depois há outras em que pareço uma vendedora de farturas! E desculpem-me as vendedoras de farturas com mãos dignas de anuncio ''Nivea'', mas só me vem à memória a imagem da vendedora de farturas da minha terra, com unhas ratadas até ao sabugo!  Pois que sou tal e qual, mas com menos cheiro a óleo! 

Há dias,no refeitório, um colega de trabalho, de quem gosto muito, fez-me um elogio (não daqueles safadões brejeiros, mas um elogio simpático) e termina com a seguinte pérola ''só não acho normal que tenhas as mãos nesse estado''. E pronto, escavacou-se-me o pequeno órgão vital! Caiu-me peitinho a baixo ,assim, sem pena nem paixão.

Decidi então que está na hora! Não dá para continuar com estas unhas nojentas, nem a encolher as ''manitas'' toda a vez que preciso cumprimentar alguém, carregar no botão do elevador, ou fazer uma festinha ao homem!

 

Mavala_Stop_10ml_1385650038.png

 Resolvi experimentar o verniz ''MAVALA STOP''  que, segundo a senhora farmacêutica, é tiro e queda! E é mesmo. O sabor é tão, mas tão, horrível que mesmo não roendo as unhas sinto o cheiro/sabor desta moenga o dia inteiro... 

 

Mas, a bem dizer, o que é que um cheirinho agoniante a azedo importa? Nada! O que interessa é que há mais de uma semana que não levo unhas à boca, nem as amoleço, ou arranco à dentada. Rien de rien!

Sei que só daqui a um mês picos terei umas mãos decentes, unhas para pintar e apresentar ao mundo... haja paciência! 

 

Se também sofrem deste mal demoníaco, aconselho MUITO este verniz. Para além de ser IMPOSSÍVEL suportar este sabor, deixa as unhas mais duras, o que ajuda muito na ''recuperação'' das coitadas. Fica a dica ;) 

 

Love*

Elza