Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Provei...e não gostei (nem um bocadinho!)

 

13561507_581288042032545_134531495_n.jpgQuem costuma ver os meus posts de pequeno almoço sabe que a minha perdição matinal é mesmo tapioca-brasileira-porra-que-aquilo-vicia-e-não-passa-um-dia-que-não-marche. E até aqui tudo certo, cada um salta da cama com as suas motivações, e a minha toda a vida foi comer. Acordo esfomeada! O problema (para além de ter sempre a cozinha cheia de pó branco, tal qual uma cocainada), é que tapioca hidratada, pronta a comer, não se encontra em toda a esquina. Durante muito tempo comprei goma de tapioca, na miosótis, mas não tem nada a ver. Desenrascava! Depois, num dia abençoado pela Santa-iemanjá-das-tapiocas, descobri que perto de minha casa há um supermercado brasileiro, que vende nada mais, nada menos, do que a ''Da terrinha'', que é só a melhor de todas as tapiocas, diz que a mais vendida no Brasil! Alegria, alegria. A vida nunca mais foi a mesma desde então!

Há meses, a Terra Pura lançou esta (que está na imagem) e como até era meia dúzia de cêntimos mais barata, resolvi experimentar. E a embalagem é muito linda, muito apelativa, o preço mais em conta... mas a tapioca não vale um caracol! Mesmo.

Se estão a entrar agora na seita dos tapioqueiros, não comecem por aqui! É super difícil de ''trabalhar'', vem cheia de ''grão'', e não se faz nada dela!

 

Confiem em mim, Tapioca é da Terrinha (acho que já se vende no Jumbo e no LIDL). Só e unicamente, até ao fim da vida.

 

E pronto, é isto.

PS. Pessoas que vão lá a casa, se virem um pó esquisito em cima da bancada, branco e suspeito... nada temam! Lá em casa não damos cá para essas coisas. 

 

Love*

Elza