Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Acho que só eu é que penso nisto #6

Lá em casa ninguém vê telenovelas ou assiste a programas de entretenimento, assim de um modo geral. Tanto eu como o Alexandre somos uns pequenos-papa-filmes, mas como ir ao cinema custa quase tanto quanto jantar no Belcanto, muitas das nossas noites de Inverno são passadas em casa, no quentinho, a ver filmes e beber chá. (Eu bebo chá, ele empanturra-se com cereais de chocolate, naturalmente). 

 

Ora pois que não raras vezes, especialmente durante os filmes de acção, dou por mim a pensar:

 

-Nos filmes de acção, os gajos correm, rebolam, esfrangalham-se todos no chão, mas nunca, em momento algum, param para uma buchazinha. Mas será caso que aquela gente não come? São capazes de passar cinco dias na loucura, entre tiros, socos, e granadas, sem levar nada na boca.  Uma bolachinha Maria, uma barrita,nada!

 

-Nos filmes de acção, aqueles que metem corridas e perseguições, devem ter carros absolutamente espectaculares. Tanto que não precisam de pôr combustível. Ele é vê-los varrer quilómetros, com direito a curvas e a guinadas no alcatrão, sem que a luzinha encarnada dê sinal!  Eu, que basicamente só ando ali entre Lisboa e Carnaxide, dou por mim milhentas vezes com o coração na mão, a pedir aos santinhos todos que não me deixe ali, na subida de Monsanto, com o carro a entrar em coma.

 

- Nos filmes de acção (e nos outros também) as gajas estão sempre impecavelmente maquilhadas. Adorava saber de que marca é o rímel que usam, ou com que lápis desenham ‘’o risquinho preto’’ do olho, porque no meio de tanta  troca-baldroca, não há uma pálpebra esborratada… não há uma pestana esmorecida, uma sobrancelha alvoraçada. É um verdadeiro milagre!

 

Por último, mas não menos importante: Nos filmes de acção ninguém faz xixi! É um fenómeno da mãe natureza, só pode. É certo que não os vejo beber água, mas caramba, uma mijinha de manhã e outra ao deitar é o mínimo dos mínimos. Não, nos filmes há toda uma bexiga sem fundo. Uma coisa assim absolutamente espectacular. 

 

 

Enfim, sou só eu que reparo nestas coisas? 

Isto arrelia-me.