Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É verdade que não morro de amores pela criancinha alheia.

Untitled-1.jpg

 

mas pelas minhas, filhas das pessoas do meu coração? Por essas desfaço-me em manteiga de vaca! 

O Simão, filho de uma prima de quem gosto mesmo muito, veio hoje a Lisboa, pela primeira vez. E tê-los por cá foi a melhor parta do meu fim de semana...ainda que tenha avisado logo senhora sua mãe: ''ou me trazes o puto compostinho, ou em vez de beber café no lxfactory, vai à cafetaria do Continente''.  

Vinha um mimo só!  ;)

 

Obrigada, família... e já sabem: sempre que precisarem de alguém com quem deixar o baby Simon, contem comigo! A partir dos 18 anos, naturalmente.