Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Esta Sábado consegui, mãe!

 

 

A minha mãe está sempre a dizer-me que sou como o Fernando Pessoa porque ''sofro da dor de pensar''. A minha mãe tem razão.

A minha mãe está sempre a dizer-me que dificilmente serei uma pessoa feliz, porque quero sempre o que vem depois!

Porque não me convenço de que a felicidade é uma forma de ser, de ser hoje, e não um futuro a que nunca sentimos chegar. A minha mãe tem razão.  

Raras vezes lhe o confesso, mas sei que ela tem razão. 

Este Sábado pensava sobre isso enquanto passava pela Baixa. Sobre esta minha ânsia de chegar ao futuro próximo. Esta tensão que me impede de parar. De relaxar e deixar a vida resolver-se sozinha (como diz a Catarina).

 

Este Sábado, passeava por Lisboa com o Alexandre e parei. Ali, no Terreiro do Paço. 

Numa tarde cheia de sol, de roupas frescas e de bebidas ainda mais frias. Parei. 

 

Este Sábado consegui parar, mãe. E tens razão: parar, às vezes, sabe mesmo bem. Especialmente parar a cabeça e deixar a vida sossegada. 

 

Love*Love*Love