Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

''Eu MEREÇO O QUE HÁ DE MELHOR''

Quem pensa que saúde no prato é uma coisa muito aborrecida, sem graça e sem sabor, está redondamente enganado. Não sabe o que diz! 

Muitas vezes, quando estou a comer, me perguntam se estou a fazer dieta (num tom banhado a repreenda, próprio de quem pensa, mas não diz, qualquer coisa como ''esta precisa de perder peso é nas orelhas''). A minha resposta é não. 

Não estou a fazer dieta, apenas escolhi a saúde. Só isso.

Não estou a fazer dieta, mas selecciono criteriosamente aquilo que como. Procuro a qualidade, e tenho muito cuidado com daquilo que ''mando cá para dentro''.

Não estou a fazer nenhuma dieta de dois ou três meses, não tenho quilos a perder, mas descobri o prazer nos alimentos certos. A sensação de bem estar, o saber que estou a cuidar bem ''da máquina'' (normalmente só nos lembramos dela quando falha), o equilíbrio. 

 

Acreditem ou não, os alimentos ''do bem'' estão carregadinhos de sabor! Não têm de ser desenxabidos, não têm de ser feios ou cinzentos. Nada disso!

O truque passa por criar pratos divertidos. Coloridos, apelativos e vibrantes! 

 

Muitas vezes, chegamos a casa, naqueles dias difíceis, e atacamos uma porcaria qualquer porque ''eu hoje eu mereço''. 

Pois eu decidi que mereço o que há de melhor! O que cuida de mim por dentro. 

 

''Eu mereço o que há de melhor'', é assim que devemos pensar.

E o que há de melhor sabe bem, sabem mesmo muito bem, acreditem vocês ou não.

 

 

Salada de atum:

Atum natural 

Alface

Coentros

Tomate coração de boi

Ovo cozido

Arroz integral

Maçã verde

Nozes

 

Tempero:

Sal 

Pimenta

Azeite

Alecrim

Gotas de sumo de laranja 

 

 

Love*Love*Love