Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fim de Semana algarvio

Gosto muito Algarve. Do Algarve que conheço hoje e daquele que vivi há vinte anos.

Tenho-o presente em muitas memórias felizes, numa infância salgada pelo mar de Quarteira. Corrida pela areia molhada e, depois de exausta, sentada à mesa... comendo carapau assado na grelha. Um cheiro que ainda hoje me traz o Verão... que me traz a família em volta dessa mesma mesa, na varanda, de frente para o mar.

O Algarve deixou de ser só férias grandes há coisa de dez anos, quando o meu irmão se mudou para lá. Na altura eu ainda vivia no Alentejo com os meus país, e a ''partida'' do meu irmão dividiu o coração em dois. 

Depois vim eu para Lisboa e o pequeno órgão vital esfrangalhou-se de vez. Transformou os últimos anos em malas de fim de semana. Em quilómetros de estarda: ora visito os meus país, e penso no quão gostaria de estar no Algarve, estendida no sofá, à conversar com a minha cunhada, ora estou no Algarve, culpabilizando-me por não passar mais tempo com os meus avós.

E nisto, raras são as vezes em que estamos todos juntos. Em que consigo ''começar numa ponta e acabar na outra'', disfrutando de todos ( para não falar nos tios e nas primas de quem também sinto saudades. Enfim...).

 

 

Esta Sexta feira consegui passar pelo Alentejo (jantar e dormir), seguindo no Sábado para o Algarve. São muitos quilómetros, alguns euros, e por isso não acontece muitas vezes, tornando tudo mais especial quando acontece. E quando acontece com mar, com gelados e com sol, melhor ainda.

 

 

PS. Às vezes a distância chateia-me. Especialmente ''esta distância''. Escolhida por nós, ou pelas circunstâncias da vida.

 

 

 

 

 

 

NO SOLO ITÁLIA. Confesso que não fui eu quem os devorou... tinha comido ''Romântica'' em casa e ainda sentia a boca doce :) 

 

 Mas diz que com eles se ''lambuzou'' que são bem bons! 

 

 

 

 

Love*Love*Love