Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Memmo Baleeira Hotel ( que podia bem chamar-se '' pouso para alminhas carentes de descanso Hotel''

Eu sou daquelas que defende férias de Verão em Portugal. Mais, eu sou daquelas que não compreende como se pode pagar para apanhar sol e descansar num outro país, quando o nosso é para cima de espetacular.

Quanto a vocês não sei, mas eu, nas férias de Verão (quando as tenho), procuro sol, praia, boa comida, boa bebida, animação e conforto. E assim de repente Portugal parece-me perfeito. Tão perfeito quanto sequer imaginamos, já que a maioria de nós pouco ou nada conhece do país.

E antes que disparem os comentários aborrecidos, adianto já um sim. Um claro que sim!

Claro que as férias servem para conhecer outros países, para bisbilhotar o mundo e para nos embriagarmos de novo. Servem!

Mas para isso Deus nosso senhor, conhecedor de todas as necessidades humanas, concebeu as férias Páscoa e de Inverno. As escapadinhas e as pontes. Opôs as estações do ano deixando o Brasil quentinho enquanto por cá chove a potes.

Agora no Verão? No NOSSO Verão? O que a malta quer é calor, praia e caipirinhas (gosto mais de mojitos, por acaso).

E é nesta perspectiva PRÓ TUGA que vos apresento o Memmo Baleeira Hotel, em Sagres.

O Verão passado estive de vacances pela Herdade do Amarelo (de que já vos falei AQUI) e pelo acolhedor do Baleeira.

São duas opções muito diferentes e tão boas! A Herdade do Amarelo é um turismo rural (eu e o Alexandre adoramos os paraisos perdidos no nada), e este, completamente diferente.

Trata-se de um Hotel relativamente pequeno (talvez não seja assim tão pequeno, mas o silêncio e o semi-isolamento fazem-nos sentir que sim), muito clean, muito cool, jovem e arejado. Estar situado em Sagres é só um delicioso pormenor.

As linhas são muito rectas, a decoração muito sobria, muito branca (para mim os hoteis podiam ser todos brancos), e muito tranquilo.

Não é assim é o melhor lugar para se estar, quando se procura forrobodó ramboieiro, mas é perfeito quando se quer passar um fim de semana  a descansar, ler, namorar, ou, como foi o meu caso, a despachar mojitos à beira da piscina. E que mojitos senhores... que mijotos!

Por isso, e porque as férias estão mesmo aí à porta, deixo-vos o Memmo Baleeira como sugestão. O pequeno almoço é óptimo (a granola

é de babar), a vista incrível, e o silêncio assim uma coisa do outro mundo!!!

Enquanto lá estive surpreendi-me por ver que apenas havia hospedes estrangeiros .Não ouvimos uma alminha falar português durante dois dias. E podem dizer-me que está relacionado com os preços mas eu acho que não! Ou pelo menos que não é apenas isso.

Acho que muitas vezes desconhecemos aquilo que de bom existe no nosso país. E o que existe é mesmo muito bom, aliás, é óptimo!

Quanto a vocês não sei, mas eu continuo a achar que férias de Verão (para quem quer praia sol e afins) é para passar em Portugal.

Neste pedacinho de céu à beira mal plantado. Que é tão nosso mas que tantas vezes me parece ser (somente) de todos os outros.

1 comentário

Comentar post