Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mover o coração...

As mudanças racionais são de longe as mais simples. Aquelas que são estudadas e autorizadas pelo cérebro. Aquelas se tomam a partir do saber. Do consciente. 

Depois há as mudanças emocionais. Aquelas que implicam levar o coração connosco e assim trocá-lo de lugar. Essas inquietam-nos. Inquietam-me. 

Quantas vezes dizemos nós ser mestres de aventura? Afirmamos gostar de riscos e de desafios? Palavras. 

Porque na hora da verdade o conforto e o conhecido tentam-nos mais do que a descoberta. Porque precisamos de segurança e de calcular o que vem depois.

 

Na minha vida, a mudança aproxima-se a passos largos. Pronta a levar-me com ela. Por completo.

Racionalmente... emocionalmente também.

E hoje, não faço ideia daquilo que vem depois. Sei apenas que vou.

Sei que há momentos em que é preciso deixar nas mãos da sorte, do destino, ou de qualquer coisa maior do que nós.

Alturas em que é preciso ser capaz. Capaz de dar o passo. Capaz de ir. Sem medo!

 

Love*Love*Love

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.