Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Brunch da Estufa Real - babo só de lembrar!

Se tivesse de escolher uma profissão ‘’suplente’’, no casa de um destes dias me fartar deste fandango que é a televisão, escolhia transformar-me em ‘’degustadora-profissional-de-tudo-quanto-é-bom’’. A sério, eu tenho genuíno e natural talento para usufruir as coisas boas da vida! É uma coisa que ''ou se tem, ou não se tem'' e eu tenho, o que me leva a crer que ter nascido numa família de classe média se tratou de um ''pequeno erro de distribuição''. Enfim.

Dizia que ''senhora dona degustadora'' me parece um titúlo muito lindo, e esta a melhor profissão do mundo!  

E foi seguindo esta ordem de ideias, numa de ''praticar'' a chiqueza (sim, porque um dia vou ser rica e tenho de estar preparada), que num  destes Domingos fui com senhora dona Mãe experimentar o Brunch da Estufa Real, no Jardim Botânico da Ajuda.

Já tinha lido que era assim uma coisa upa upa lá pra cima, que metia quase todos os outros ''pequenos almoços-almoçarados'' no chinelo, que era delicioso, com uma vista linda, e que valia cada cêntimo empregue!

Lá fomos as duas, muito lamponas, com a expectativa em altas, porém muuuito longe de imaginar que caminhávamos na direcção do paraíso gastronómico.

Quando chegámos a primeira coisa que pensei foi ‘’porra, mas como é que eu nunca visitei este jardim?’’ Realmente, não sei como. O jardim Botânico é lindo de viver, cheio de verde, de luz e de cuidado, e uma pessoa por 10 segundos sente-se um bocadinho nos jardins do Palácio de Versalhes. Juro.

Depois o buffet. Aquilo não é um brunch, pessoas,  aquilo é um almoço, almoço, lanche e jantar! Começando pela mesa de mariscos, de saladas frias e de queijos, passando pelos pratos quentes, pelos pães, croissants, e terminando nas sobremesas... nada falta naquela mesa. Nem em quantidade, nem em qualidade. Tudo estéticamente perfeito, apetitoso, delicioso! 

A única mágoa que fica ali escondidinha na alma é mesmo não ser possível experimentar tudo. Ninguém tem barriga para tanta diversidade e chega ali a um ponto em que só queres ir dar uma voltinha para ''desmoer''. 

São 37 euros por pessoa, não é barato, mas o ''caro'' é também relativo... e neste caso vale cada cêntimo.

Se tiverem oportunidade vão provar o brunch de domingo ( marquem mesa, não se aventurem!), ou vão apenas dar uma passeio pelo jardim... que é um charme! 

 

IMG_3101.JPG

IMG_3102.JPG

 

 

 As fotos não valem um caracol, mas não levei a máquina, propositadamente! Queria aproveitar o dia sem estar preocupada com o blog, com o que vos podia mostra, com coisa nenhuma. 

Arrependi-me um bocadinho, confesso. Mas passem pelo Zomato e ficam com uma noção daquilo que vão encontrar ;)

 

Love*

Elza 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.