Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sei que vou perder leitoras com este post, mas há coisas que precisam ser ditas.

 

Ou talvez não precisem, mas se não as digo, acabo com elas na garganta,  ''encavalitadas'' umas nas outras, deixando-me com uma sensação de falta de ar desgraçada!  Não consigo, o que é que querem? São dúvidas que me moem e que preciso partilhar, mesmo que nunca mais voltem, ou que voltem apenas para dizer ''Quem diz é quem é,  rameira és tu!''. É um risco. 

 

Pois que a pergunta que me atormenta é a seguinte:

O que é que leva uma mulher, QUALQUER mulher, a enfiar uns catramolhos destas nos pés?

jc-foxy.png

Este sapato-casco-de-cavalo, que grita ''rameira-na-recta-de-Pegões'' por todos os lados? Que confere ZERO elegância  a qualquer par de pernas que desfile pela passadeira da vida? Ultrapassa-me!

Sábado, por exemplo, passei os olhos (5 minutos, porque aquilo é TÃO mau e tão sem graça que não se aguenta) pelo novo programa da TVI, e lá estavam elas todas ''montadas'' nestes ''reis da quenguice''. O terrível horror. E talvez as moças até sejam umas verdadeiras joinhas, ninguém diz o contrário... agora expliquem-me qual é o objectivo? 

É que se, efectivamente, não são ''gatas-safadas'' , parecem! E se são (nada contra), para quê esfregá-lo cara alheia, logo no primeiro impacto? 

 

A sério mulherada, mesmo vocês, que são lindas e maravilhosas, a quem tudo fica bem e que vulgarmente ouvem a frase ''porra, tu até num saco do luxo tinhas pinta'', mesmo vocês... nunca, jamais, em tempo algum, enfiem isto nos pés. 

É horrível, é vulgar, é o mais baixo que podem descer na escala da elegância.

Mesmo que ganhem 20cm de perna e aparentem menos 10kg. Ficam cavalonas? Ficam.

Compensa? Não. Em em circunstância alguma.

Ouçam o que vos digo e joguem essa merda fora (ou guardem para o Carnaval,por exemplo). 

 

Love*

Elza 

2 comentários

Comentar post