Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

STOP, SALGADINHO! (Lembram-se?)

A piada do título (AQUI)  apenas poderá ser compreendia por pessoas antigas, que tal como eu cresceram a ver novelas brasileiras. Enfim, é só um apontamento aparvalhado.. não resisti :)

O assunto que me traz ao estaminé é outro! Trata-se de uma luta que travo há mais de 15 anos, uma batalha sem fim contra a mais foleirosa das dependência. Qual? Essa, a pior de todas!  A mais rameira, mais porcalhota, mais esteticamente descarada, a mais pobretana. Roer as unhas, naturalmente! Há lá vício pior do que este? Não há. Nem me venham cá falar de drogas duras e de bebedeiras porque só quem já teve de entregar ''aquele cêntimo'' na caixa de supermercado, e sentiu vergonha ao mostrar os dedinhos da mão, sabe do que estou a falar. É o terrível horror. 

Tenho alturas que ando melhorzinha, outras que coloco gel, gelinho, extensão...enfim! E depois há outras em que pareço uma vendedora de farturas! E desculpem-me as vendedoras de farturas com mãos dignas de anuncio ''Nivea'', mas só me vem à memória a imagem da vendedora de farturas da minha terra, com unhas ratadas até ao sabugo!  Pois que sou tal e qual, mas com menos cheiro a óleo! 

Há dias,no refeitório, um colega de trabalho, de quem gosto muito, fez-me um elogio (não daqueles safadões brejeiros, mas um elogio simpático) e termina com a seguinte pérola ''só não acho normal que tenhas as mãos nesse estado''. E pronto, escavacou-se-me o pequeno órgão vital! Caiu-me peitinho a baixo ,assim, sem pena nem paixão.

Decidi então que está na hora! Não dá para continuar com estas unhas nojentas, nem a encolher as ''manitas'' toda a vez que preciso cumprimentar alguém, carregar no botão do elevador, ou fazer uma festinha ao homem!

 

Mavala_Stop_10ml_1385650038.png

 Resolvi experimentar o verniz ''MAVALA STOP''  que, segundo a senhora farmacêutica, é tiro e queda! E é mesmo. O sabor é tão, mas tão, horrível que mesmo não roendo as unhas sinto o cheiro/sabor desta moenga o dia inteiro... 

 

Mas, a bem dizer, o que é que um cheirinho agoniante a azedo importa? Nada! O que interessa é que há mais de uma semana que não levo unhas à boca, nem as amoleço, ou arranco à dentada. Rien de rien!

Sei que só daqui a um mês picos terei umas mãos decentes, unhas para pintar e apresentar ao mundo... haja paciência! 

 

Se também sofrem deste mal demoníaco, aconselho MUITO este verniz. Para além de ser IMPOSSÍVEL suportar este sabor, deixa as unhas mais duras, o que ajuda muito na ''recuperação'' das coitadas. Fica a dica ;) 

 

Love*

Elza 

2 comentários

Comentar post